Notícias

Mostra Work in Progress no FAM 2019 traz seis produções

Seis filmes ainda não finalizados serão exibidos para grandes players
Seis filmes ainda não finalizados serão exibidos para grandes players

Como parte das atividades da terceira edição do Encontro de Coprodução do Mercosul, seis filmes ainda não finalizados serão exibidos para grandes players do mercado e o público pode ter essa experiência e participar do teste de audiência. Iniciativa é inovadora em festivais nacionais

A grande novidade do Encontro de Coprodução do Mercosul para 2019 é a inclusão da mostra competitiva Work In Progress (WIP), em que seis projetos ainda não finalizados serão apresentados para grandes players do mercado e para um público selecionado. As obras serão exibidas na sala VIP do complexo Cineshow do Shopping Beiramar e os ingressos limitados podem ser adquiridos no site www.ingresso.com ou na bilheteria do cinema.

Após a exibição de cada filme, o Instituto de Pesquisa Boca a Boca irá realizar um teste de audiência com o público presente. Os resultados serão apresentados posteriormente às produtoras e ajudarão a trazer o olhar do espectador sobre a obra, permitindo uma reflexão sobre possíveis mudanças, cortes e adaptações antes da finalização do projeto.

Fomento para realizadores
O filme vencedor da Mostra Work In Progress levará para casa R$ 20 mil em serviços de pós-produção de imagem (marcação de luz, efeitos especiais, conformação do material e delivery) para a finalização do projeto. O prêmio da mostra WIP é oferecido pela pós-produtora paulista Mistika.

Este ano, o FAM oferece aos filmes vencedores das mostras competitivas mais de R$ 200 mil em serviços para serem utilizados pelos realizadores em suas próximas produções. "A luta da realização do Festival não é apenas pela janela de exibição, mas também pela continuidade do ofício. Por isso, temos a grande felicidade em receber um realizador aqui no FAM para apresentar sua obra e os premiados das Mostras já saem com a próxima produção bem encaminhada. Queremos que ele volte ao FAM!", explica Tiago Santos, produtor do FAM.

Rodadas de negociação
Outra novidade do ECM 2019 são os encontros one-to-one que também podem ser feitos entre produtores e têm como objetivo facilitar acordos de coprodução que viabilizem a entrada dos projetos no mercado do audiovisual. "Todos os produtores que buscam coproduzir uma obra poderão se encontrar no ECM 2019 e esse é o primeiro passo para muitos projetos do nosso mercado", explica Santos.

O Encontro de Coprodução do Mercosul chega em sua terceira edição em 2019 e será realizado no Hotel Majestic, próximo ao Beiramar Shopping, entre os dias 29 de setembro e 01 de outubro. Ao todo, 12 players, entre produtoras, distribuidoras e canais de televisão, já confirmaram presença no Encontro.

O 23º Florianópolis Audiovisual Mercosul teve o investimento do Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE, Fundo Setorial do Audiovisual - FSA, Agência Nacional do Cinema - Ancine, com realização da Associação Cultural Panvision, Muringa Produções Audiovisuais, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Pátria Amada Brasil, Governo Federal.

Esta iniciativa é uma produção da Associação Cultural Panvision, Petrus Barretto Advogados Associados e Muringa Produções Audiovisuais, com apoio institucional BRAVI - Brasil Audiovisual Independente, Instituto de Pesquisa Boca a Boca e Latam Cinema.

Mostra WIP – Obras selecionadas

O Som que Vem das Ruas
Documentário | Longa (71’) | Brasil | Livre
Sessão: 30/09 – 18h00
Diretor: Bruno Figueiredo
Sinopse: Através de depoimentos dos agentes do movimento Hip Hop, dos mais antigos DJs da cidade aos jovens talentos que riscam as pickups pelo mundo, O Som Que Vem Das Ruas traça um panorama único! Uma história que extrapola os limites da Serra do Curral, influencia a criação do funk carioca e reverbera no mundo através de grandes resultados na Batalha Mundial de DJs.

Un Portal
Documentário | Longa (84’) | Equador | 12 anos
Sessão: 29/09 – 20h15
Diretor: José Cardoso
Sinopse:
Um jovem entra na selva para caçar, mas não volta. O Xamã pressagia que "el diablo" o levou. Diante da câmera se desenvolve uma história que desafia nossos conceitos de realidade e nos aproxima de segredos da profunda Amazônia onírica.

El Film Justifica Los Medios
Documentário | Longa (76’) | Colômbia | 12 anos
Sessão: 01/10 – 18h00
Sinopse:
Da escuridão da sala de edição, descobrimos filmes antigos que revelam fragmentos de um país em transe. Cinquenta anos depois, refletimos com três de seus criadores se o legado desse cinema sobrevive hoje ou somente os negativos.

Bia Mais Um
Ficção | Longa (74’) | Brasil | 16 anos
Sessão: 29/09 – 18h00
Diretor: Wellington Sari
Sinopse: Bia, 17 anos, está de mudança. Os pais ficaram no exterior e retornam em breve. Bia enfrenta outra mudança: logo deixará de ser só filha.

Cada Uno Tiene Su Cada Uno
Ficção | Longa (74’) | Chile | 12 anos
Sessão: 30/09 – 20h15
Diretor: Alexis Donoso
Sinopse: Vicencio, um alcoólatra e velho arisco do campo, sofre uma parada cardíaca. Sua filha Aurora e seu neto Andrés, com quem ele não tem muito relacionamento, o levam a morar em seu apartamento.

El Arbol Rojo
Ficção | Longa (95’) | Colômbia | 14 anos
Sessão: 01/10 – 20h15
Diretor: Joan Gómez Endara
Sinopse: Após a morte de seu pai, Eliecer é responsável por uma meia-irmã desconhecida chamada Esperanza. A missão é levá-la à capital em busca da mãe. Eliécer enfrenta a decisão de redescobrir a família que ambos perderam.

A programação completa do Florianópolis Audiovisual Mercosul 2019 está disponível no site do Festival




Parceiros