Notícias

Último dia de FAM conta com Mostra Infantojuvenil e premiações


Domingo, 24, é o último dia do 22º Florianópolis Audiovisual Mercosul, com premiação aos melhores filmes das Mostras. Mas ainda tem sessões de filmes de graça: Documentário, Longa, Infantojuvenil, Sessão Primeiro Plano, Música e Roda de Conversa.

A sessão Primeiro Plano da TV UFSC é às 12h e vai apresentar o documentário Depois do Fervo, de Matheus Faisting. O filme faz um contraponto entre a imagem da cidade aberta e a diversidade que Florianópolis tem, com a realidade da vida da comunidade LGBTs à partir de relatos de experiências deles.

O cinema infantojuvenil continua no domingo, com os filmes: Pirilampo, de Carlos Avalone; Luiz, de Alexandre Estevanato; Médico de Monstro, de Gustavo Teixeira; Arraigo, de Maria Laura Reina; Vento, de Betânia Vargas Furtado. A exibição, que nos outros dias fez sucesso entre as crianças e adolescentes, inicia às 14h30min.

Os diretores, de dois longas convidados para o FAM, Jorane Castro e Robert Bonomo vão comandar uma roda de conversa sobre os filmes Para Ter Onde Ir e Miss às 15h.

Às 16h30min vai passar a última Mostra competitiva do FAM 2018, com o documentário La Manuela, de Clara Linhart. O filme conta sobre a jornalista Manuela Picq Lavinas que foi presa durante uma manifestação em Quito, no Equador e depois teve que lidar com um exílio.

A apresentação musical vai ficar por conta de Sílvia Beraldo que tocará em dois horários, às 18h30min e às 20h30min.

Rally

Domingo também será o dia da exibição dos filmes produzidos pelas cinco equipes do Rally Universitário Floripa 2018, que começará às 19h. As equipes tiveram que virar noites, para conseguir fazer um filme em 100 horas e o resultado vai passar nas telas do FAM. Os filmes também entram na competição e, os integrantes do ganhador, serão premiados com as estatuetas com pacote adobe creative cloud com um ano de acesso.

Premiação

Intercalada à exibição dos filmes, acontece a parte mais esperada do Festival, a divulgação dos ganhadores das Mostras: Videoclipe, Infantojuvenil, Documentário, Curtas Mercosul e Curtas Catarinenses. Os filmes vencedores vão ganhar uma estatueta (prêmio Panvision) do júri popular. Do júri oficial, além da estatueta, os prêmios destinados aos filmes ganharão: locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria, correção de luz, delivers, mixagem e um ano de assinatura do pacote adobe creative cloud.

Outro prêmio, também bastante esperado, é o da Recam - Reunião Especializada de Autoridades Cinematográficas e Audiovisuais do Mercosul, que será concedido a uma obra do Mercosul com o objetivo de que o filme possa produzir uma cópia acessível com audiodescrição para pessoas cegas e com baixa visão, além de legendagem para surdos e ensurdecidos.

Já a Mostra Infantojuvenil tem um prêmio especial eleito pelo Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercopsul e pela Recam que vai premiar o ganhador em US$500 e dar licenciamento para integrar a rede de salas Mercosul Recam.

Além de todos esses prêmios, os curtas de melhor ficção, melhor documentário, melhor animação, melhor experimental, melhor roteiro, melhor montagem, melhor fotografia, melhor trilha sonora, melhor direção de arte, melhor ator, melhor atriz e melhor direção também levam estatuetas que serão atribuídas pelo Júri Oficial na Mostra de Curtas Mercosul e Mostra de Curtas. Vale observar que será eliminada a premiação à categoria em que não haja no mínimo três concorrentes.

Para finalizar a noite, o filme argentino Miss, de Robert Bonomo, vai começar às 21h. O filme conta a história de um homem simples, que cuida da casa de uma antiga miss e que aos poucos constrói uma amizade com ela.

O 22º Florianópolis Audiovisual Mercosul tem o patrocínio do Funcultural, Fundação Catarinense de Cultura, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esportes, Governo do Estado de Santa Catarina, do Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE - , Fundo Setorial do Audiovisual - FSA -, Agência Nacional de Cinema - Ancine - , com apoio da Secretaria de Cultura e Arte da Universidade Federal de Santa Catarina e realização Associação Cultural Panvision, Muringa Produções Audiovisuais, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Apoio