Notícias

Canal Brasil vai premiar o melhor curta do 21º FAM

Deserto Verde, de Juliana Kroeger, recebeu o Prêmio Canal Brasil em 2017
Deserto Verde, de Juliana Kroeger, recebeu o Prêmio Canal Brasil em 2017
Em mais uma edição do FAM o Prêmio Canal Brasil vai premiar o melhor curta-metragem em competição no festival. O vencedor irá receber o troféu Canal Brasil e um prêmio no valor de R$ 15 mil. O prêmio tem o objetivo de estimular a nova geração de cineastas, contemplando os vencedores na categoria curta-metragem dos mais representativos festivais de cinema do país. Ano passado, o curta premiado no FAM foi Deserto Verde, de Juliana Kroeger.
 
O júri é convidado pelo Canal Brasil e composto por jornalistas especializados. O filme vencedor será conhecido no encerramento do FAM, no domingo. Além disso, o ganhador será exibido na programação do canal e no final do ano concorre ao Grande Prêmio Canal Brasil de Curtas-Metragens, no valor de R$ 50 mil.  

O prêmio foi criado em 1998 e incentiva a produção, a exibição e a divulgação de curtas-metragens e o Grande Prêmio é concedido desde 2006. O canal já distribuiu mais de R$ 1,3 milhão em prêmios para curtas-metragens. 

Os vencedores do Grande Prêmio Canal Brasil de Curtas, desde 2006, foram: “Eletrodoméstica”, de Kléber Mendonça; “Viva Volta”, de Heloísa Passos; “O Homem das Árvores”, de Paula Mercedes; “Dossiê Rê Bordosa”, de Cesar Cabral; “Os Sapatos de Aristeu”, de Renê Guerra e “Recife Frio”, de Kleber Mendonça Filho (júri oficial) e “Imagine uma Menina com Cabelos de Brasil...”, de Alexandre Bersot (júri popular); “A Casa Da Vó Neyde”, de Caio Cavechini (júri oficial) e “Jibóia”, de Rafael Lessa (júri popular); “Linear”, de Amir Admoni, “Ed.”, de Gabriel Garcia, “La Llamada”, de Gustavo Vinagre (júri oficial) e “Guida”, de Rosana Urbes (júri popular)  e, em 2016, “Dá Licença De Contar”, de Pedro Serrano (júri oficial) e “João Batista”, de Rodrigo Meireles (júri popular).
 
O FAM 2017 tem o patrocínio Funcultural/ Fundação Catarinense de Cultura, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esportes, Governo do Estado de Santa Catarina, da Petrobras e do Governo Federal, com apoio da Secretaria de Cultura e Arte da Universidade Federal de Santa Catarina e realização da Associação Cultural Panvision.

 

Apoio