Histórico

Em 1997, a Panvision deu vida ao Florianópolis Audiovisual Mercosul - FAM, festival que se consagrou como um dos acontecimentos audiovisuais mais importantes do Sul do Brasil e que agora celebra sua 23ª Edição. Em todos esses anos, o FAM conquistou o reconhecimento do público e da classe pelo trabalho de difusão cultural das diversas cinematografias do Brasil e dos países do Mercosul.

A história do FAM é uma história de sucesso, de ineditismo e de um constante aperfeiçoamento dos canais de comunicação entre público e profissionais do setor audiovisual no Brasil e nos países do Mercosul. Um dos pilares do FAM é o Fórum Audiovisual do Mercosul criado para discutir políticas para o desenvolvimento do setor nos países que constituem o bloco.

O objetivo de fomentar a formação de público, difundir obras inéditas e viabilizar o debate de temas da plataforma audiovisual tem sido plenamente atingido. Mais do que isso, a cada ano aumenta a procura do público e a participação de cineastas, diretores e produtores do mercado audiovisual que atuam no Brasil e nos países do Mercosul.

Conheça um pouco da nossa história:

25º Florianópolis Audiovisual Mercosul — Reflexão

Pelo segundo ano consecutivo, o Festival Internacional de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul – FAM foi realizado de forma on-line. Assim como no ano anterior, a 25ª edição do Festival exibiu 50 filmes selecionados na plataforma Innsaei.tv, de forma gratuita e com limite territorial e de público. O FAM 2021 contou com o suporte do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), IFSC TV, Departamento de Comunicação e Núcleo de Produção Digital (NPD), utilizando o campus da instituição para realizar as cerimônias de abertura e encerramento do Festival, além da programação diária. As lives foram exibidas através do canal do YouTube do FAM.

O Festival foi realizado de 23 a 29 de setembro e contou com filmes de 12 países, sendo que as categorias Videoclipe e Infantojuvenil tiveram recorde de inscrição. Foram nove mostras ao todo (competitivas e convidadas), além de debates, painéis e o 5º Encontro de Coprodução do Mercosul – ECM que, pelo segundo ano, teve a presença do LAB, laboratório de projetos. Uma novidade do ECM+LAB foi a criação de um Conselho Consultivo composto por Agustina Chiarino (produtora Mutante Cine), Gerardo Michelin (LatAm Cinema), Isona Admetlla (coordenadora World Cinema Fund Berlin), Mauro Garcia (presidente BRAVI) e Vinicius De Lucca, Superintendente Municipal de Turismo de Florianópolis, como anfitrião.

Também como no ano anterior, o FAM 2021 disponibilizou aos professores a cartilha “Luz, Câmera e Educa-AÇÃO”.

A temática da edição foi Reflexão, e “resistência” a palavra mais comentada durante a abertura do Festival. O grande vencedor da Mostra Longas Ficção e Documentário foi "O Amor Dentro da Câmera'', das brasileiras Jamille Fortunato e Lara Beck Belov. Na mesma categoria, o público elegeu como melhor filme o longa catarinense "Achados Não Procurados'', de Fabi Pena. Na Mostra Curtas, o filme chileno Bestia, de Hugo Covarrubias foi o eleito pelo júri.

O 25º Florianópolis Audiovisual Mercosul teve o patrocínio do Sebrae e foi uma realização da Associação Cultural Panvision e Muringa Produções Audiovisuais.

Confira aqui a lista completa dos vencedores do FAM 2021! 

Parceiros