Histórico

Em 1997, a Panvision deu vida ao Florianópolis Audiovisual Mercosul - FAM, festival que se consagrou como um dos acontecimentos audiovisuais mais importantes do Sul do Brasil e que agora celebra sua 23ª Edição. Em todos esses anos, o FAM conquistou o reconhecimento do público e da classe pelo trabalho de difusão cultural das diversas cinematografias do Brasil e dos países do Mercosul.

A história do FAM é uma história de sucesso, de ineditismo e de um constante aperfeiçoamento dos canais de comunicação entre público e profissionais do setor audiovisual no Brasil e nos países do Mercosul. Um dos pilares do FAM é o Fórum Audiovisual do Mercosul criado para discutir políticas para o desenvolvimento do setor nos países que constituem o bloco.

O objetivo de fomentar a formação de público, difundir obras inéditas e viabilizar o debate de temas da plataforma audiovisual tem sido plenamente atingido. Mais do que isso, a cada ano aumenta a procura do público e a participação de cineastas, diretores e produtores do mercado audiovisual que atuam no Brasil e nos países do Mercosul.

Conheça um pouco da nossa história:

24º Florianópolis Audiovisual Mercosul: As salas de casa se transformam em salas de cinema

Em 2020, pela primeira vez, o FAM foi digital. A 24ª edição do Festival Internacional de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul foi realizada entre os dias 24 e 30 de setembro em formato totalmente on-line, devido à pandemia da Covid-19. Com uma realização em tempo recorde — produzido em apenas 21 dias, em razão do baixo patrocínio —, o FAM 2020 teve mais de 45 mil acessos em todo o seu conteúdo, que se distribuiu em 67 atividades, entre elas sessões de cinema, palestras (nacionais e internacionais), debates, painéis, e muito mais.

Tanto a Cerimônia de Abertura como a Cerimônia de Premiação foram realizadas em um estúdio montado no Hotel Maria do Mar, em Florianópolis, e transmitidas ao vivo via Zoom e redes sociais. Já os filmes, foram exibidos através da plataforma de streaming Innsaei.tv, na qual ficavam disponíveis por 24 horas. O limite de visualizações limitava a quantidade de público em uma grande sala de cinema: 300 acessos. Além disso, respeitando a característica do Festival, as sessões tinham bloqueio de localização, podendo ser acessadas apenas pelos países da América do Sul.

Com uma programação onipresente nas redes sociais (lives de debate no Instagram, YouTube, Facebook, e atualizações diárias pelo Telegram), o FAM exibiu 59 filmes, entre produções e coproduções de 12 países. Foram 844 inscrições recebidas e nove mostras competitivas. Uma das novidades foi a presença do LAB, laboratório de projetos, no 4º Encontro de Coprodução Mercosul – ECM 2020, que recebeu inscrições de 11 países. Também nesta edição ocorreu o primeiro crossover de mercados com o Bolivia Lab, o qual contou com a presença de 40 participantes em um encontro via plataforma Zoom.

Além disso, para as sessões infantojuvenis do Festival foi elaborado um material de apoio para os educadores, a cartilha “Luz, Câmera e Educa-AÇÃO”, que visava a abordagem reflexiva e prática em sala de aula sobre as temáticas dos filmes exibidos. Outra cartilha, “Show me the fund”, do Projeto Paradiso, Bravi e Cinema do Brasil, também teve seu momento no FAM 2020, tendo a sua 4ª edição lançada.

Na categoria de Longas Ficção, o premiado pelo Júri Especializado foi o filme colombiano La Pesca Del Atún Blanco, de Maritza Blanco Ruano. Na mesma Mostra, o favorito do Júri Popular foi Pureza, filme de Renato Barbieri com Dira Paes no elenco. Pela Mostra DOC-FAM os vencedores foram Dorivando Saravá, O Preto Que Virou Mar, votado pelo Júri Popular; e A Jangada de Welles, eleito melhor filme pelo Júri Especializado.

O 24ª Florianópolis Audiovisual Mercosul foi produzido com a Lei de Incentivo à Cultura, apoio Celesc e Engie, com patrocínio do Prêmio Catarinense de Cinema, Fundação Catarinense de Cultura, Governo do Estado de Santa Catarina, BRDE, FSA, Ancine, e realização da Associação Cultural Panvision, Muringa Produções Audiovisuais, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Pátria Amada Brasil, Governo Federal.

Confira aqui a lista completa dos vencedores do FAM 2020!

Parceiros