Histórico

Em 1997, a Panvision deu vida ao Florianópolis Audiovisual Mercosul - FAM, festival que se consagrou como um dos acontecimentos audiovisuais mais importantes do Sul do Brasil e que agora celebra sua 23ª Edição. Em todos esses anos, o FAM conquistou o reconhecimento do público e da classe pelo trabalho de difusão cultural das diversas cinematografias do Brasil e dos países do Mercosul.

A história do FAM é uma história de sucesso, de ineditismo e de um constante aperfeiçoamento dos canais de comunicação entre público e profissionais do setor audiovisual no Brasil e nos países do Mercosul. Um dos pilares do FAM é o Fórum Audiovisual do Mercosul criado para discutir políticas para o desenvolvimento do setor nos países que constituem o bloco.

O objetivo de fomentar a formação de público, difundir obras inéditas e viabilizar o debate de temas da plataforma audiovisual tem sido plenamente atingido. Mais do que isso, a cada ano aumenta a procura do público e a participação de cineastas, diretores e produtores do mercado audiovisual que atuam no Brasil e nos países do Mercosul.

Conheça um pouco da nossa história:

 2010 - A 14º edição do Florianópolis Audiovisual Mercosul foi realizada entre os dias 11 e 18 de junho de 2010, no Centro de Eventos da UFSC, na Ilha de Santa Catarina. Ao final de oito dias de exibição e de discussão sobre o cinema realizado no âmbito do Mercosul, o FAM 2010 entregou o prêmio de melhor curta-metragem 35 mm, pelo júri oficial, ao filme paraguaio Karai Norte, de Marcelo Martinessi. O prêmio de melhor vídeo ficou com o argentino Prodigio, de Marcelo Rostagno e Gabriela Trettel, e o de melhor filme infanto-juvenil com o brasileiro A Terra a Gastar, de Cassia Mary Itamoto e Celina Kurihara, de São Paulo. De acordo com o júri popular, o vencedor na mostra de curtas foi o pernambucano Recife Frio, de Kleber Mendonça Filho; na mostra de vídeos o ganhador foi o paulista Ao meu pai com carinho, de Fausto Noro; e na mostra infanto-juvenil o premiado foi Eu queria ser um monstro, do carioca Marcelo Marão. O curta catarinense Beijos de Arame Farpado, de Marco Martins, venceu os prêmios de melhor montagem e melhor direção de arte pelo júri oficial.

Em 2010, o Fórum teve três encontros e um seminário. No dias 11, 12 e 13 de junho, aconteceu o 1º Encontro de Film Comissions da América Latina. Também foi realizado no Fórum o encontro do Congresso Brasileiro de Cinema e o das Entidades do Sul. No Seminário de Cinema e Televisão do Mercosul foram discutidos temas de caráter político, econômico e cultural como a definição de estratégias de implantação da plataforma audiovisual brasileira e do Mercosul, formas de organização do setor audiovisual, formação de público para o cinema nacional, acesso da população à produção audiovisual, qualidade estética e comunicabilidade da obra audiovisual com o público, produção de baixo custo, novas tecnologias de produção e veiculação de conteúdo e políticas de distribuição e exibição.

Em 2010, foi criado o Pré-FAM, que se constitui como Circuito de exibição alternativo, com a proposta de itinerar por diversas cidades catarinenses levando os filmes premiados na edição anterior do FAM para públicos que normalmente não têm acesso às produções de cinema.

Famdetodos loja virtual

Parceiros

Famdetodos Patrocinio