Histórico

Em 1997, a Panvision deu vida ao FAM, festival que se consagrou como um dos acontecimentos audiovisuais mais importantes do Sul do Brasil e que agora celebra sua 20ª Edição. Em todos esses anos, o FAM conquistou o reconhecimento do público e da classe pelo trabalho de difusão cultural das diversas cinematografias do Brasil e dos países do Mercosul.

A história do FAM é uma história de sucesso, de ineditismo e de um constante aperfeiçoamento dos canais de comunicação entre público e profissionais do setor audiovisual no Brasil e nos países do Mercosul. Um dos pilares do FAM é o Fórum Audiovisual do Mercosul criado para discutir políticas para o desenvolvimento do setor nos países que constituem o bloco.

O objetivo de fomentar a formação de público, difundir obras inéditas e viabilizar o debate de temas da plataforma audiovisual tem sido plenamente atingido. Mais do que isso, a cada ano aumenta a procura do público e a participação de cineastas, diretores e produtores do mercado audiovisual que atuam no Brasil e nos países do Mercosul.

Conheça um pouco da nossa história:

 1998 - A segunda edição do seminário foi ampliada, abriu negociações com o mercado audiovisual europeu. Foram convidados representantes de órgãos oficiais dos países do Mercosul, Portugal, Espanha e França. Os produtores cinematográficos reivindicavam uma maior facilidade para as coproduções internacionais. Numa das mesas o produtor Cláudio MacDowel, de O Toque do Oboé, relatou sua saga para realizar a coprodução Brasil-Paraguai, gastando R$ 30 mil além do previsto com taxas alfandegárias e outras burocracias envolvendo o trânsito dos equipamentos e negativos entre os países. Dos presentes, destacam-se os cineastas brasileiros Guilherme de Almeida Prado, Tânia Lamarca e Silvio Back, a cineasta uruguaia Beatriz Flores, o argentino José Luiz Castiera de Dios, do parlamento cultural do Mercosul, entre outros. Paralelo ao seminário aconteceu a Mostra de Curtas Metragens do Mercosul, com a exibição de Desterro, de Eduardo Paredes e do documentário fotobiográfico Seu Chico, Terra e Alma, de Rafael Mamigonian, entre outros; e a Mostra de Cinema Andaluz, primeira versão da Mostra Internacional de curtas.

Apoio