Entrevistas

Caroline Fioratti é uma das palestrantes no Rally Universitário do FAM 2018


Diretora e roteirista, formada em cinema pela FAAP e também em Artes Cênicas, Caroline Fioratti dará uma Oficina sobre direção durante o Rally Universitário Floripa. No Rally, equipes de estudantes de audiovisual e comunicação terão 100 horas para realizar um curta-metragem, exibido ao final do festival.

Caroline é roteirista e diretora de curtas-metragens premiados (Formigas, A Grande Viagem e Algum lugar no recreio), da série A Grande Viagem, para a TV Cultura, e do longa-metragem Meus 15 Anos, da Paris Produções. Entre outros trabalhos, dirigiu também a série Unidade Básica, da Gullane, para o Canal Fox, que se passa em uma unidade de saúde na periferia de São Paulo, e está no set dirigindo episódios da segunda temporada da série A Garota da Moto, sobre uma motogirl em São Paulo, da produtora Mixer, para o SBT. No segundo semestre, volta aos longa-metragens, com a direção de um filme gravado no Rio de Janeiro, da Migdal Filmes.

Além de roteiro e direção, você também trabalha com formação de profissionais do audiovisual?
Caroline Fioratti - Por uns 10 anos dei aulas e oficinas de roteiro e direção no Instituto Querô (organização que se dedica a formar jovens em situação de risco social e alunos de escolas públicas de Santos e Cubatão). Gosto muito de fazer isso, tive o privilégio de cursar uma faculdade de cinema, é uma troca, um meio de passar meu olhar e saber o que jovens, estudantes, militantes do audiovisual do movimento negro têm pra falar, estou sempre me formando assim.

Como será a oficina no Rally?
Caroline - Vou falar sobre questões técnicas e de dramaturgia, coisas essenciais que me fizeram falta quando fui dirigir meu primeiro curta, que vêm com o conhecimento e com o tempo. Todo diretor precisa ter conhecimento de dramaturgia e roteiro, por exemplo, para coordenar atores em cena e equipe. Não poderei acompanhar todo o Rally por causa das gravações, mas vou ficar um ou dois dias ajudando.

Como é a tua relação com o FAM?
Caroline -
Vim com o meu primeiro curta, Formigas, em 2010, e também como palestrante sobre webséries em 2014, quando falei sobre a websérie para o YouTube Botolovers, que dirigi para a Aurora Filmes.

Em breve mais informações sobre data e horário.

Apoio